“Sem Deus, sucesso morre”, diz jovem atleta candidato a melhor jogador da NFL

O sucesso no esporte frequentemente leva atletas a decisões erradas na vida pessoal. Ciente disso, um jogador de futebol americano que vem sendo apontado como candidato a melhor da temporada (MVP). Na NFL afirmou que qualquer conquista sem Deus é caminho de morte.

Lamar Jackson atua pelo Baltimore Ravens na NFL – que está em sua 100ª temporada em 2019 – e vem conquistando números impressionantes na função de quarterback. Numa entrevista coletiva. Ele falou abertamente sobre sua fé e a importância de render glórias a Deus pelo sucesso em campo.

De acordo com informações do portal Faith Wire, Lamar Jackson foi questionado sobre a receita para permanecer humilde. Já que ele lidera as estatísticas em passes para touchdown e também é o que mais avançou jardas na temporada. Sua resposta foi bastante enfática a respeito de sua consciência de que ele não é nada.

“Sem Deus, sucesso morre”, diz jovem atleta candidato a melhor jogador da NFL

O Senhor Deus

O Senhor Deus. Dou todo o louvor, glória e honra a Ele. Eu posso estar fazendo qualquer coisa – você sabe, isso é muito louco – mas estou conversando com Ele o dia todo. Agradeço sempre. Porque quando você sente que é maior que o Senhor Deus, todo o seu sucesso morre. Isso vai embora”, respondeu Lamar Jackson.

Recentemente, ele obteve duas conquistas pessoais bastante relevantes: tornou-se o primeiro quarterback da história do Baltimore Ravens a ser votado no Pro Bowl. E também quebrou um recorde de jardas corridas por um jogador de sua posição em uma temporada.

A emissora ESPN informou que o recorde durava desde 2006, e pertencia a Michael Vick, que tinha corrido 1.309 jardas naquele ano.

Agora, o atleta está muito perto de quebrar outro recorde: ser o primeiro quarterback a lançar para mais de 4.000 jardas e correr para mais de 1.500 nos 30 primeiros jogos de sua carreira. Se ele conseguir mais 76 jardas lançadas – o que deve acontecer nos jogos restantes – ele voltará a ocupar manchetes pelas conquistas no esporte. E provavelmente, renderá glórias a Deus por isso.

Deixe seu comentário abaixo