Jogador é batizado em piscina de treinamento do seu time: “Era algo que eu queria”

32

O batismo é uma das ordenanças de Jesus Cristo para todos os cristãos. Assim como o próprio Filho de Deus cumpriu este gesto para dar exemplo aos seus seguidores. Ele espera que ao decidir por uma nova vida os fiéis tenham a iniciativa de ser batizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ainda que em locais improvisados, como fez o jogador Trace McSorley.

Um dos principais nomes do time de futebol americano Baltimore Ravens, Trace foi batizado em uma das piscinas de recuperação da sala de treinamento da equipe. Com o auxílio do capelão Johnny Shelton e do seu colega de campo, o atacante James Hurst.

O jogador disse que há havia esse desejo em seu coração desde a faculdade, mas não havia concretizado o batismo. Ao surgir a oportunidade, ele não quis deixar passar mais uma vez a chance de cumprir essa ordenança de Jesus Cristo, seguindo o exemplo dos seus pais.

Era algo que eu queria fazer quando estava na faculdade e nunca fiz por algum motivo

“Era algo que eu queria fazer quando estava na faculdade e nunca fiz por algum motivo. Johnny levantou e se aproximou de mim. Eu sabia que na segunda vez, definitivamente queria fazer isso. Chegamos na sala de treinamento e alguns caras estavam lá e nós fizemos”, disse Trace.

O batismo do jogador foi registrado e divulgado pelo próprio Baltimore Ravens em seu siteoficial, destacando a presença dos jogadores Hurst, LJ Fort, Willie Snead IV, Jordan Richards, Otaro Alaka e os treinadores Bobby Engram e Craig ver Steeg.

O passo de fé de Trace serviu de testemunho não apenas para os colegas de campo, como para todos os fãs do time de futebol. O jogador lembrou que apesar de ter nascido em uma família religiosa, não havia tomado a decisão de se batizar.

“Somos uma família bastante religiosa e fiel, mas quando muito novo, não tive uma decisão. Agora foi a minha escolha. Eu quis decidir por mim mesmo”, disse o quarterback do Baltimore.