Invasão do Boko Haram na Nigéria deixa muitos cristãos mortos e igrejas queimadas

Na cidade de Garkida localizada na Nigéria, aconteceu a invasão do Boko Haram onde cerca de 100 militantes incendiaram igrejas e casas, matando muitas pessoas, em um ato totalmente irregular e criminoso.

Foram contabilizados cerca de 5 igrejas totalmente destruídas, uma tragédia imensurável, ouve suposições de possíveis sequestros, porém nada confirmado até o momento.

Os militantes do Boko Haram chegaram da área da Floresta Sambisa, conduzidos por 60 motos com homens carregando AK47 e RPGs, escoltados por cerca de 20 caminhões de armas montados.

O ataque foi totalmente surpresa, as forças de segurança nigerianas não tiveram poder de resistência e tiveram que recuar para reforçar. Com isso deixaram brechas para os militantes atacar cidades vizinhas, boa parte da população conseguiram furgir e se salvarem.

Segundo uma fonte do TheCable, afirmou que no momento a Garkida está em chamas, casas destruídas e muitas pessoas mortas. Um morador do local relatou que as pessoas corriam para se salvar enquanto viam suas casas sendo queimas pelos os militantes do Boko Haram.

Os militantes do Boko Haram, são conhecidos na região por diversos crimes parecidos como este, esse grupo terrorista é responsável por matar dezenas de milhares e deslocar milhões na última década.

O governo nigeriano já afirmou te derrotado o Boko Haram militarmente, porém os ataques continuam sendo realizados. O grupo terrorista já sequestrou diversas pessoas com o intuito de  arrecadar fundos através de pagamentos de resgate.

Nigéria é um dos países onde os cristãos são mais severamente perseguidos, atualmente o país e classificada como o 12º pior país do mundo na Lista de Vigilância Mundial dos Portas Abertas dos EUA em 2020.

Por: Leandro Miranda
FONTE: Christian Post.