Igrejas se mobilizam para ajudar cidades arrasadas por tornado no EUA

Anúncios

Uma grande mobilização  de ajuda humanitária está acontecendo nos EUA, onde equipes do ministério de resposta a desastres da Convenção das Igrejas Batistas do Sul estão ajudando uma cidade.

A ajuda que vem sendo oferecida  se tornou um grande destaque, tudo isso porque cidades inteiras estão sendo restauradas e limpas. Essa mobilização contou com  voluntários da Southern Baptist Disaster Relief. Eles começaram com o serviço de resgate e recuperação desde o primeiro momento.

Furacões trouxeram uma devastação a tal ponto que Andy Beshear, Governador de Kentucky pediu ajuda, o que fez com que um grande número de voluntários aparecesse. Arkansas, Illinois, Kentucky, Missouri, Mississippi e Tennessee foram grandemente afetados.

Os grandes objetivos do Governador é encontrar os desaparecidos, que oficialmente contam com pelo menos 100 e a recuperação mais rápida possível do estado.

Anúncios

A ajuda de várias igrejas vem sendo um grande aliado na recuperação das regiões afetadas com vários furacões esse ano. Essa ajuda está sendo uma bênção diante dos números trágicos, afirmada pelo Governador, “que entre os mortos havia uma dúzia de crianças, a mais jovem  era um bebê de 2 meses”, (CNN Brasil).

Equipe de ajuda humanitária, envolvendo diversos voluntários, muitos de denominações religiosas, estão amparando a cidade com retirada de árvores e ajudando pessoas a chegarem em seus lares. Glenn Hickey, comandante da ação afirma: “Temos equipes indo e cobrindo onde há danos no telhado. Tentando proteger o que sobrou de nossas casas, se pudermos”.

Infelizmente muitas casas terão de ser completamente reconstruídas, sendo um enorme problema para os donos. Possivelmente, ficarão em casa de amigos, voluntários desconhecidos, familiares ou algum abrigo temporário do governo.

Os voluntários da ajuda humanitária não estão envolvidos somente no resgate e restauração dos lugares afetados, mas ajudando psicologicamente as pessoas. Isso é muito importante porque vários moradores ainda estão na adrenalina, mas assim que o choque passar, serão abaladas emocionalmente.

A situação é de grande tragédia, “Biden classificou a série de tempestades como “uma das piores” da história americana”, (g1).

Anúncios

Uma consolação em meio a tempestade

Vande Slonecker, um dos ajudantes da equipe de capelães, está ajudando as pessoas psicologicamente, falando de Deus para elas. Aproveitando o momento em que elas estão abertas a palavras de compaixão, dizendo: “você está passando por um momento muito difícil, mas Deus está aqui e nos enviou para estar aqui com você.”

Essa atitude, segundo Vande, é segurar a mão da pessoa, mostrando que Deus vai restaurar tudo.

Devido à devastação ter sido muito intensa, o processo de restauração da região não será rápido, por isso, muitos apelos estão sendo  feitos, toda forma de ajuda é necessária nesse momento triste.

Os mais experientes nesse trabalho sabem que há necessidade de mantimentos, roupas, materiais como motosserras para cortarem as árvores caídas e etc.

Várias igrejas estão fazendo apelo para ajudar  milhares de pessoas que perderam as suas casas. A Convenção Batista do Sul é uma das que estão incentivando doações financeiras para reparar os danos provocados pelos furacões na região.

Todo o ministério dos voluntários terá melhor ação com os doadores à missão.

Deixe seu comentário de fé abaixo