Confira 6 dicas para manter sua saúde financeira sempre em dia

Lidar com dinheiro não é uma tarefa fácil para todos. No final, muitas pessoas perdem o controle e isso geralmente impede que realizem seus sonhos financeiros, como comprar uma casa, fazer uma viagem, renovar a mobília e outros.

Para alcançá-los, você precisa manter sua saúde financeira atualizada. Separamos seis dicas que ajudarão você a ter uma vida financeira equilibrada.

1. Tenha controle do seu dinheiro

O primeiro passo para quem quer manter uma boa saúde financeira é óbvio: você deve controlar bem seu dinheiro. Em outras palavras, você precisa saber quanto ganha e quanto gasta, para ajustar seus gastos à sua renda. Esse controle informa se você gasta mais do que ganha ou se está dentro dos limites.

Quando você controla suas finanças, você também pode determinar onde seu dinheiro está fluindo e se você gasta muito em itens desnecessários.

Se você está tendo problemas para controlar suas finanças, use a tecnologia em seu favor. Você pode usar aplicativos de controle financeiro para organizar melhor seu dinheiro.

2. Não exagere do cartão de crédito

Falando em gastos, existe um famoso vilão da saúde financeira. Para aqueles que não conseguem acompanhar o cartão de crédito, é aconselhável deixá-lo em casa e usá-lo somente quando for mais necessário. Isso evita as compras por impulso. Um passo adicional pode ser cancelar o cartão e pagar sempre suas compras à vista.

Passar o cartão é uma tarefa simples, mas não se esqueça de diferenciar crédito com dinheiro. Não se esqueça que você tem que pagar tudo quando você gasta.

3. Mantenha o padrão de vida sempre abaixo da sua realidade financeira

Esta é uma dica que poucas pessoas seguem, mas que é muito importante para a saúde financeira de todos. Viver na linha do orçamento pode ser muito perigoso. Esse comportamento aumenta a probabilidade de imprevistos causarem muitas dores de cabeça.

Idealmente, você deve sempre viver com um padrão de vida mais baixo do que o seu salário pode proporcionar. Então você sempre tem uma reserva que você pode usar muito bem para criar um fundo financeiro, seja para usar em uma emergência ou até mesmo investir.

4. Livre-se das dívidas

A dívida é um problema que o brasileiro conhece muito bem. Segundo a Associação Federal do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), publicada este ano, mais da metade das famílias brasileiras têm algum tipo de dívida. O fato é que atrasar as contas dificulta o equilíbrio de sua saúde financeira. Então você tem que planejar se livrar delas o mais rápido possível.

Para corrigir esses problemas, é importante criar um plano de pagamento. Dar prioridade à dívida com juros mais altos, o que pode reduzir sua perda. Você também pode escolher o mais barato. Desta forma, você fica livre da dívida mais rapidamente e serve como incentivo para pagar por aquelas que ainda faltam.

5. Tenha uma reserva de emergência

Estamos todos sujeitos a circunstâncias imprevistas. Seja um problema de saúde ou a perda de bens materiais, nunca sabemos quando precisaremos de um dinheiro extra.

Para tornar esse processo o mais suave possível, você deve configurar uma reserva de emergência para atender a necessidades não planejadas. Ao criar esta provisão, você não precisa pedir emprestado ou usar cheque especial, o que afeta sua saúde financeira.

6. Faça bons investimentos

Investir seu dinheiro é tão importante quanto se livrar das dívidas e ter bom controle financeiro. Se você não gastar seu dinheiro ou guarda em aplicações de baixo lucro, como a poupança, poderá fazer com que seu dinheiro perca poder de compra. Isso significa que o mesmo dinheiro é usado para comprar menos coisas do que antes.

Procure métodos de investimento que valorizem seu dinheiro de verdade. Existem várias opções no mercado. Se você tem o perfil mais conservador e procura tipos de ativos que podem ser vendidos com segurança, é possível aplicar em títulos de renda fixa, como CDB, LCI e LCA (Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio, respectivamente), ou Tesouro Direto.

Por outro lado, se você for mais corajoso e disposto a assumir mais riscos contra retornos mais elevados, poderá comprar ações ou negociar contratos futuros no mercado de ações.

Se você seguir essas dicas, será capaz de entender para onde está indo seu dinheiro e como melhor mantê-lo. Através da implementação de práticas simples, mas eficazes, é possível manter a saúde de suas finanças e chegar mais perto de seus objetivos.