Afeganistão sobe para a primeira posição na lista de perseguição devido aos Talibãs

Anúncios

Essa não é uma notícia boa, ainda mais, pelos motivos que levaram o Afeganistão ao primeiro lugar. A perseguição no país era alta, mas agora as coisas ficaram piores devido à ascensão dos Talibãs.

Para os cristãos que gostam de acompanhar as ações missionárias para a janela 10/40, foi uma notícia ruim. Isso porque o primeiro posto pertencia à Coreia do Norte faz anos, mas não houve diminuição da parte deles.

Então, as coisas ficaram ruins porque, embora a Coreia do Norte não tenha diminuído em nada a perseguição, o Afeganistão, dominado pelos Talibãs, se tornou pior que eles.

Afeganistão sobe para a primeira posição na lista de perseguição devido aos Talibãs

“Depois de 20 anos, a Coreia do Norte perdeu o posto, por ser superada sem ter diminuído nada, pelo contrário, piorado em alguns pontos”.

O nível de perseguição de cada país é divulgado pelas portas abertas em seu site. Lá é possível acompanhar toda atualização e  como está a situação em diversos lugares.

Anúncios

Na questão do Afeganistão, o governo Biden dos EUA, tirou as tropas americanas do país depois de muitos anos tentando apaziguar a situação. Assim, o grupo Talibã, considerados extremistas islâmicos, tomaram o país.

Essa decisão deixou cristãos preocupados, agora poderiam perder a liberdade à custa da própria vida, dependendo do caso.

“Desde 2001 os EUA haviam tomado o controle do país, mas Joe Biden deu ordem para uma rápida retirada”. (Gospel +)

Os Talibãs também agiram rapidamente, por isso milhares de cristãos que viviam no país perceberam que as coisas logo ficariam ruins para eles.

Essa preocupação dos cristãos não era uma conjectura, pois se tornaram alvos de perseguição rapidamente, fazendo com que  milhares saíssem do país. Embora a vida deles não fosse boa no Afeganistão, eles conseguiam se manter de forma passiva, mas de agora em diante não.

Anúncios

A execução foi o que muitos cristãos sofreram no país, agora não tinham mais a proteção militar dos Estados Unidos.

Triste situação, pelos dois motivos, Coreia do Norte cair uma posição sem ter diminuído em nada a perseguição, e o Afeganistão que o superou, matando cristãos. Agora, as oportunidades de morrer são muitas  no país.

A diferença de um país para o outro é que na Coreia do Norte o problema é a ditadura comunista, no Afeganistão os motivos são religiosos.

A decisão tomada por Biden não afetou somente o Afeganistão, mas outros países, devido a  grupos extremistas terem voltado em vários países.

“Esses grupos radicais são muçulmanos, voltando a crescer  em países da Ásia e da África, como Paquistão, Indonésia, Nigéria, República Democrática do Congo e Somália”.

Os desafios eram cada vez maiores em vários países. Com a ascensão desses grupos extremistas em diversas nações, pioraram a situação.

Porém, o evangelho está acostumado com isso, superando toda forma de atrocidade. Inclusive, o autor do Evangelho morreu numa cruz, e tornou toda a verdade ainda mais viva.

O que os cristãos podem fazer agora é orar por esses países, Deus fará o melhor. Hoje mesmo faça uma prece ao povo desses países.

Esses são os países com mais perseguição em 2022: Afeganistão, Coreia do Norte, Somália, Líbia e Iêmen. (Portas Abertas)

Deixe seu comentário de fé abaixo