A bíblia ajudou a evangelista superar o abuso sexual sofrido na infância

Abuso sexual infântil é um assunto muito delicado de se comentar, mas através desse artigo vamos expor uma história de superação, vamos falar de como a palavra de Deus pode curar um trauma como esse.

Em uma programa chamdado “Fox and Friends”, apresentado por Ainsley Earhardt. Em seu quadro “Estudo Bíblico de Ainsley” a autora e evangelista, Beth Moore foi convidada a participar.

No decorrer do quadro enquado falava do estudo biblíco e superação de traumas, a evangelista Moore falou com detalhes sobre a sua educação religiosa e sobre o abuso sexual que sobreu na infância.

Contou que foi uma grande bênção ter sido criada na igreja, frequentava a igreja no mínimo três vezes por semana, mesmo indo para igreja a sua família estava muito destruída, e acrescentou “É exatamente nesse tipo de combinação do bom, do ruim e do feio que tudo pode acontecer sob o mesmo teto”.

More disse que, apesar de ser amada em casa, nem tudo estava bem, o lar aonde vivia estava bastante estavél.

A bíblia ajudou a evangelista superar o abuso sexual sofrido na infância

E continuou dizendo, “Eu também fui vítima de um abuso sexual na infância em minha própria casa. Não identifico publicamente quem era, mas vou simplesmente dizer que quando alguém que deve ter um papel protetor ao seu redor se torna não o protetor, mas o agressor, não posso dizer como isso vai interferir com você”.

A evangelista decidiu guardar para se mesmo, até que decidiu se libertar, “Ninguém jamais saberia disso do lado de fora. Mas eu estava absolutamente implodindo. Eu tinha 40 anos quando lhe diria que minha mente estava completamente fora da influência da minha vitimização”, disse ela.

O apresentador perguntou como ela superou suas dores e conseguiu deixar tudo para trás. Com as suas palavras explicou, “Eu memorizava as escrituras”,  “Coloquei essas verdades em fichas e levava essas anotações para todo lugar que fosse. Até andando pelo supermercado, repetia essas escrituras várias vezes”.

Quando a evangelista finalmente conseguiu vencer seus traumas, ela resolveu ajudar as outras pessoas que passaram por isso, então More se tornou uma defensora dos sobreviventes de abuso sexual e fundou o Ministério ‘Living Proof’ .

“Vamos manter esta verdade diante de nós nestes dias de um mal sempre aparente. Deus é luz e Nele não há trevas. Deus não tem lado sombrio”, concluiu ela.

Por: Leandro Miranda
FONTE: Fox News.